http://dearchitectura.wordpress.com/2009/01/22/projetos-dirigidos-p...

Ou você não acredita em Projetos Dirigidos por Arquitetura?

Exibições: 69

Respostas a este tópico

Olá,

Aqui na Ci&T seguimos um modelo parecido:
O gerente é responsável por definir os requisitos prioritários do cliente, enquanto o arquiteto define os requisitos de maior risco técnico.

Os riscos são atacados ainda na fase de elaboração, implementando casos de uso de exemplo.
Com os riscos controlados, o centro de desenvolvimento começa a implementação baseado nas prioridades do cliente.

Na sua opnião Corélio, quando o cliente já possui uma equipe técnica e arquiteturas definidas, fica mais fácil conciliar valor de negócio com risco técnico? Ou isso pode gerar mais burocracia?
Olá, João. Bacana saber que vocês possuem um modelo onde o arquiteto tenha participam efetiva. Talvez uma diferença entre o modelo que você descreve e um projeto dirigido por arquitetura seja no nível de controle e autoridade formal que um arquiteto tenha no projeto. Como no exemplo que citei do filme, o arquiteto tem muito mais responsabilidade, autoridade e controle das decisões de um projeto como por exemplo na composição do time técnico e montagem de boa parte do cronograma.

Sobre a sua pergunta, eu acredito que quanto mais maturidade o cliente possuir melhor será para o resultado do projeto. O SEI, inclusive, possui um modelo do CMMI dedicado para empresadas compradoras (seus clientes), que é o CMMI Acquisition. Em resumo:

CMMI for Acquisition (CMMI-ACQ) is a model that provides guidance to acquisition organizations for initiating and managing the acquisition of products and services. The model focuses on acquirer processes and integrates bodies of knowledge that are essential for successful acquisitions. CMMI-ACQ provides an opportunity for acquisition organizations

* to avoid or eliminate barriers and problems in the acquisition process through improved operational efficiencies
* to initiate and manage a process for acquiring products and services, including solicitations, supplier sourcing, supplier agreement development and award, and supplier capability management
* to utilize a common language for both acquirers and suppliers so that quality solutions are delivered more quickly and at a lower cost with the most appropriate technology
Complementando,
O SEI acaba de lançar um novo livro sobre CMMI-ACQ.

Marco Mendes disse:
O SEI, inclusive, possui um modelo do CMMI dedicado para empresadas compradoras (seus clientes), que é o CMMI Acquisition

RSS

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Adriano Tavares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço