Olá,

Há algum tempo vejo falar sobre a pós graduação em Arquitetura de Sistemas do IGTI.

Estou pensando em fazê-la, mas tenho as seguintes dúvidas:

- O curso é válido para a realidade do mercado?
- O curso é válido para quem ainda não tem experiência com arquitetura?
- Como as empresas vêem um profissional com esse diploma no currículo?
- O curso é dispensável (é possível adquirir esse conhecimento apenas na prática)?


Se alguém conhecer, ou já tiver feito, por favor expresse sua opnião.

Abraços,
João Henrique

Exibições: 428

Respostas a este tópico

Olá João Henrique, tudo bem?

Como coordenador desse programa, deixe-me tentar esclarecer as suas dúvidas:

- O curso é válido para a realidade do mercado?
SIM. O curso foi concebido para atender as necessidade de mercado por profissionais arquitetos de sistemas. Ele possui uma abordagem bastante prática, apresentando as boas práticas e arquiteturas de referência nas principais área de projetos de software. O seu público é tipicamente formado por arquitetos ou mesmo profissionais que já possuem alguma experiência como líderes técnicos. Gerentes de projeto também procuram o curso com o objetivo de melhor o seu diálogo com a equipe de tecnologia.

- O curso é válido para quem ainda não tem experiência com arquitetura?
SIM. Essa experiência não é necessária. Entretanto experiência em desenvolvimento de sistemas é importante. Esse skill é fundamental para a abstração do que é ensinado.

- Como as empresas vêem um profissional com esse diploma no currículo?
Peço aqui a ajuda de alunos e ex-alunos do curso para responder essa pergunta. Recebi o feedback positivo de alguns alunos sobre a importância do diploma para que eles conseguissem uma oportunidade formal como arquitetos de sistemas. Entretanto o curso NÃO forma um arquiteto, que é formado essencialmente através do estudo contínuo e da experiência obtida da aplicação de seus conhecimentos. Mas ele é uma ótima fonte de conhecimeto e experiências sobre o assunto.

- O curso é dispensável (é possível adquirir esse conhecimento apenas na prática)?
SIM. Entretanto, quando estavamos montando o curso, em 2006, lembro-me de um comentário que um colega professor (arquiteto experiente) fez, e que foi compartilhado por outros, inclusive por mim: que ele gostaria de assistir, mesmo como professor, a várias das disciplinas da grade, e compartilhar a experiência dos outros colegas em alguns assuntos dos quais ele ainda não tinha tanta experiência, a fim de economizar tempo em seu aprendizado.

Espero tê-lo ajudado um pouco.

[]s
Vinícius Bozzi
Olá João Henrique,

Já faz uma eternidade que você postou esse tópico mas acho que ainda vale a pena responder suas perguntas. Eu estou fazendo a pós no IGTI e aqui vão minhas impressões sobre o curso.

- Sim, o curso é válido para a realidade do mercado. Os professores do curso são profissionais que atuam direta ou indiretamente com arquitetura de sistemas. Sempre que possível as aulas são direcionadas para situações reais do dia a dia. Tanto é assim que sempre surgem debates na sala de situações vividas pelos alunos em seus ambientes de trabalho. Enfim, há um equilíbrio muito bom entre teoria e prática.

- Você não precisa ter experiência com arquitetura para fazer o curso. Acho que ninguém da minha turma tinha experiência como Arquiteto de Sistemas e, no entanto, todo mundo está conseguindo acompanhar o ritmo do curso sem problemas.

- Não tenho conhecimento sobre a receptividade do mercado com relação aos profissionais pós graduados no IGTI. Para ser bem franco acho que o próprio mercado carece de uma definição clara e precisa do perfil de um Arquiteto de Sistemas. Esse é, inclusive, um dos focos da pós: formar um profissional que saiba o que é e o que não é responsabilidade sua como arquiteto de sistemas. Creio que o mercado terá boa aceitação mas só o tempo poderá deixará isso claro.

- Acho muito difícil você adquirir esse conhecimento apenas com a prática. Como mencionei na resposta anterior, ainda falta uma definição clara do papel do arquiteto de sistemas. O termo arquiteto tem sido aplicado de maneira incorreta. Por exemplo: tem gente que adota uma "pilha de tecnologias" no desenvolvimento de um sistema (muitas vezes sem critérios precisos), deixa de lado uma série de aspectos extremamente importantes para o projeto e se autodenomina arquiteto. Particularmente acho que é importante um forte embasamento teórico na área de arquitetura de sistemas. Com esse embasamento, aí sim, você pode começar a direcionar suas atividades no dia a dia de forma a consolidar sua prática como arquiteto de sistemas.

Se você ainda tem interesse em fazer o curso, meu conselho é que você entre em contato com o IGTI e marque uma entrevista com o coordenador do curso. O pessoal de lá é muito atencioso e numa conversa franca e aberta você poderá esclarecer muitas de suas dúvidas e então decidir se vale ou não a pena fazer a pós.

Boa sorte.
Caro João,

A necessidade do mercado em encontrar profissionais com diversas habilidades e competências, domínio de funções, gente diferente ou seja empreendedores fez com que as pessoas que desejavam o sucesso tomassem um novo rumo em sua carreira, esta nova carreira resume-se em alguns fatores seguintes: na base de riscos portanto não mais segura, hiperflexível não mais limitada a papéis, mutante não mais estável e principalmente colocar-se a venda e não estar vendido. Ontem uma faculdade bastava hoje um MBA já não basta, estabilidade e tempo de serviço em uma empresa era chave hoje competência é a chave da conquista, as empresas apostavam anos na preparação de alguém hoje o risco e instabilidade são inerentes ao jogo. Hoje as empresas roubam as estrelas da concorrência e estão sempre em busca de gente que investe em si próprio ou seja o sucesso depende do que cada um faz por si mesmo, lembre-se a sua vida está do jeito que está hoje por causa de suas escolhas.

Com base nas questões que você colocou vou tentar responder.
- O curso é válido para a realidade do mercado?
Qualquer busca por conhecimento é válido para a necessidade do mercado, minha opinião.
- O curso é válido para quem ainda não tem experiência com arquitetura?
Esta infelizmente não posso opinar ainda, mas acredito que sim.
- Como as empresas vêem um profissional com esse diploma no currículo?
Procure se mostrar para as empresas e não as empresas se mostrarem para você.
- O curso é dispensável (é possível adquirir esse conhecimento apenas na prática)?
Isto é relativamente pessoal, cada um sabe de suas capacidades.

Espero ter clareado um pouco o seu horizonte.

Qualquer dúvida estamos aqui.

Sucesso,

Lucas Lessa

Saudações,

 

João Henrique, você fez a pós do IGTI? Se sim, gostou?

 

Também estou pensando em fazer uma pós em arquitetura e achei muito interessante o programa, mas... estou no Rio de Janeiro e para mim é impraticável fazer essa pós em Minas.

 

A que encontrei no Rio, compatível com minha disponibilidade de tempo é a MIT em Arquitetura de Software do Instituto Infnet.


Apreciarei quaisquer comentários que você e os demais colegas fizerem a respeito da pós e instituição citados.

 

Abraços,

 

Márcio Gomes Gonçalves

Srs. estou em SP e fiz contato com a direçao do curso quando em SP do qual essa filial foi encerrada mas minha divisa ainda persiste nesse curso do IGTI - nao teria como abrir uma turma aos sabados quinzenalmente? ou disponibilizar o material já ajuda bastante para quem tem o fator limitante de varios km.

Abraços.

RSS

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Adriano Tavares.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço